Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Santa Inês: Projeto do IFMA faz doação ao Corpo de Bombeiros
Início do conteúdo da página Notícias

Santa Inês: Projeto do IFMA faz doação ao Corpo de Bombeiros

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 26/08/2021 19h25
  • última modificação 26/08/2021 19h35

O Comandante Capitão Nascimento e demais membros da Corporação da 9ª Cia do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Inês, foram recebidos, na manhã de sexta (20/08), pelo diretor-geral do Campus Santa Inês, Aristóteles Neto.

A entidade recebeu máscaras face shield (protetores faciais), fabricadas na Instituição, através do projeto “Faces da solidariedade: compartilhando inovação e protegendo vidas” que integra a Fábrica de Inovação e o Polo Digital do campus,

A entrega de 30 máscaras foi realizada pelo estudante bolsista do campus Wendel Alves, do Curso Superior de Engenharia de Computação, que participou da produção.

O Comandante Capitão Nascimento falou sobre o atendimento do Corpo de Bombeiros na cidade de Santa Inês e municípios da região e ressaltou que a doação é uma forma de proteger o militar no exercício de suas atividades, para garantir a segurança da sociedade e o salvamento de vidas.  Ele destacou, ainda, a importância de receber as máscaras produzidas pelos próprios estudantes. “Está sendo uma evolução na capacidade e intelectual da sociedade de Santa Inês e esse material é uma de forma de garantir mais segurança para a sociedade”, afirmou.

O projeto tem como objetivo fornecer à sociedade e, principalmente, aos profissionais que trabalham no combate à COVID-19, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), para auxílio no enfrentamento emergencial no Maranhão, principalmente na região do Vale do Pindaré.

 

“Muitas ações estão sendo empregadas para reduzir a disseminação do vírus, tais como o isolamento social, mudanças de hábitos e atitudes quanto à higienização e utilização de máscaras”, afirmou o diretor do campus. “Estas ações têm se mostrado eficazes no enfretamento ao vírus, reduzindo o número de mortes, porém essa é apenas uma frente do combate; pois há diversos profissionais trabalhando para garantir e/ou reduzir os impactos devastadores que a COVID-19 tem causado”, prosseguiu. “Os profissionais de saúde estão em luta constante contra o vírus e, por diversas vezes, não dispõem da proteção necessária para bem exercer seu trabalho”, disse.

 

O projeto e a produção das máscaras contam com uma equipe formada por professores, técnicos administrativos e estudantes do campus, sob coordenação do professor. Emanuel Lemos.

 

Os beneficiários iniciais foram os profissionais da área da saúde e envolvidos no combate à pandemia. Com o decorrer do projeto e a preocupação com os impactos da pandemia na região, ampliaram-se as doações para profissionais de comunicação (TVs, jornais impressos e demais mídias), bem como para o Judiciário.

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página