Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Aprovado em mestrado destaca papel da assistência estudantil
Início do conteúdo da página Notícias

Aprovado em mestrado destaca papel da assistência estudantil

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 13/07/2021 14h06
  • última modificação 13/07/2021 14h06

Filho de Rosa Bata, uma humilde agente comunitária de saúde em uma cidade do interior do Maranhão, Joandson Bata dos Santos tornou-se exemplo de estudo e superação. Estudante de graduação no IFMA de 2014 a 2018, ele foi aprovado no seletivo 2020.2 do Programa de Pós-Graduação em Física da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e destacou a importância das políticas de assistência estudantil e de bolsas de pesquisa para a permanência e êxito de estudantes, principalmente os mais vulneráveis, na carreira técnica e científica.

De origem simples, da cidade de Viana, no Maranhão, Joandson Bata dos Santos contou que durante a permanência no IFMA, sempre recebeu auxílio institucional, seja por meio de assistência estudantil ou bolsas de pesquisa, fatos que ele considerou essenciais para o sucesso que vem obtendo como pesquisador e estudante. “A instituição foi fundamental na minha permanência na graduação, e creio que sem ela eu não teria me formado. Além de contar com a ajuda de pessoas maravilhosas na minha vida como o Pr. Francisco Lira e sua esposa, Irmã Débora, ou o meu amigo Tiago Ferreira, o IFMA fornecia aos estudantes de outras cidades auxílios que os ajudava a pagar literalmente as contas essenciais do fim do mês, como comida, luz, água, como era o meu caso”, afirmou.

Como beneficiário das políticas de apoio ao estudante do IFMA e modelo de conquistas resultantes dos programas de assistência institucional, o pesquisador defende a ampliação das bolsas e recursos assistenciais. “Pensar na minha formação sem esses auxílios é impossível e aqui, venho agradecer publicamente por esse feito que me ajudou, assim como ajudou a vida de dezenas de estudantes que poderia até citar os nomes, mas melhor deixar isso para que cada um faça, a seu tempo”, comentou.

Bolsas de pesquisa

Para o estudante, assim como os auxílios do IFMA aos alunos mais vulneráveis, as bolsas de pesquisas, como por exemplo as concedidas pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), são fundamentais para a permanência de diversos estudantes em instituições de ensino e pesquisa. “A concessão de bolsas de pesquisas me ajudou muito em vários sentidos. O primeiro, financeiro, pois pude pagar as contas de onde morava; o segundo, intelectual. A formação de um pesquisador pode se dar em diversos ambientes, isso é fato, mas é na iniciação científica onde o progresso de fato ocorre. Foi dessa forma que construir todo conhecimento que tenho atualmente sobre nanossistemas, métodos de simulação computacional, que contribuíram para a minha vida acadêmica”, informou Joandson Bata dos Santos.

Joandson Bata dos Santos conta que, quando foi estudante do IFMA, teve diversas experiências que contribuíram para a sua formação como professor e pesquisador. Ele destaca, entre as experiências, a orientação do professor Dr. Kleber Anderson Teixeira da Silva, em um estudo de sistemas nanométricos mediante o estudo de simulações computacionais. “Sob sua orientação, além de aprender muito como estudante de iniciação, as principais disciplinas cobradas na prova do mestrado foram feitas com ele, e sem essas aulas, acredito que seria impossível ter tido um bom desempenho. De maneira que, se você é aluno do Dr. Kleber hoje, você pode ter certeza, que um dia ainda o agradecerá. Nossa pesquisa foi o alicerce para que hoje eu esteja em um programa tão prestigiado quando o de pós-graduação da UFMA”, afirmou. Atualmente, no mestrado, ele é orientado pela professora Drª Luciana Magalhães Alencar Rebelo, referência no estudo de Biofísica e Nanossistemas no país.

Curso de Física

O ex-aluno do IFMA avalia que, desde que foi estudante do Campus Santa Inês, o curso de Física já passou por diversas modificações, “no sentido de contribuir para uma formação mais plena dos alunos”. Para ele, o curso garante “excelência na formação dos seus alunos, e o exemplo disso são os atuais professores da instituição, que outrora já foram alunos e agora constituem a linha de frente na formação de novos professores e pesquisadores em Física na região do Vale do Pindaré, como professores Ruydeglan Gomes e Anderson Meireles”.

Sobre o IFMA Campus Santa Inês, Joandson Bata dos Santos destacou a estrutura oferecida, como salas, biblioteca, livros, auditório, que, segundo ele, sempre foram acessíveis aos alunos, graças ao compromisso da gestão e do ensino da instituição. “Nossa! Que saudade eu tenho da sala 13, onde nos reuníamos nos períodos pré-prova para ali conversarmos, tirarmos dúvidas uns com os outros, e de fato aprendermos juntos”, relembrou.

Além de pesquisador, Joandson Bata dos Santos já tem diversas aprovações em concursos públicos, municipais, estaduais e federais, como o terceiro lugar no concurso da Prefeitura de Santa Inês; oitavo lugar para perito criminal; sexto lugar para o cargo de professor Federal no Instituto Federal do Piauí (IFPI). “Dessa maneira, digo que devo muito ao IFMA, pois além de ter me tornado um pesquisador, hoje posso ajudar financeiramente aquela humilde agente comunitária de saúde do interior do Maranhão que me refiro no início desse texto, chamada de Rosa Bata, minha mãe, a mulher que serviu de inspiração e motivação durante todos esses anos da minha graduação, e que hoje tem o orgulho de dizer que seu filho é formado em física, pelo IFMA Campus Santa Inês”, declarou.

registrado em:
Fim do conteúdo da página