Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus cria Comitê de Prevenção ao Coronavírus
Início do conteúdo da página Notícias

Campus cria Comitê de Prevenção ao Coronavírus

As medidas iniciais serão concentradas nas frentes administrativas, educacionais, comunicacionais e de saúde
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 16/03/2020 17h17
  • última modificação 16/03/2020 17h18

Na manhã dessa segunda (16), reuniram-se no gabinete da Direção-Geral do IFMA Campus Santa Inês, representantes das Diretorias de Administração e Planejamento e de Desenvolvimento Educacional, bem como da Coordenadoria de Assuntos Estudantis juntamente com a equipe do Setor Médico, da Coordenadoria de Gestão de Pessoas, do Setor Pedagógico e da Fiscalização da Cantina do campus para a constituição do Comitê de Prevenção ao Coronavírus no Campus Santa Inês.

As medidas iniciais serão concentradas nas frentes administrativas, educacionais, comunicacionais e de saúde. A preocupação da administração do campus envolve alunos, servidores, colaborares e familiares da comunidade escolar.

O Comitê conduzirá ações e orientações de prevenção ao novo Coronavírus (COVID-19) no Campus Santa Inês, baseando-se na INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 19, DE 12 DE MARÇO DE 2020, que estabelece orientações aos órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração Pública Federal (SIPEC), quanto às medidas de proteção para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavírus (COVID-19).

Dentre as primeiras ações, o comitê deverá se reunir com a Gerência Regional de Saúde do Estado e com a Secretaria de Saúde do município de Santa Inês, com intuito trabalhar em conjunto as normas específicas de como atender o público e demais orientações de como agir diante das situações.

Na primeira reunião do Comitê foram tratados os seguintes assuntos:

– Plano de Ação;

– Articulação com os órgãos e departamentos externos de saúde municipal e estadual;

– Ausência de servidores e alunos (justificativas);

– Campanhas internas;

– Cantina do Campus;

– Cuidados necessários dentro do campus;

– Divulgação da campanha no interior da escola;

– Protocolo de sintomatologia.

Por fim, foi acordado uma agenda diária com o acompanhamento/monitoramento dos boletins epidemiológicos da situação da doença em âmbito estadual, nacional e global, para orientar as próximas ações institucionais.

 

Fim do conteúdo da página