Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Estudante desenvolve aplicativo para promover rotas turísticas
Início do conteúdo da página Notícias

Estudante desenvolve aplicativo para promover rotas turísticas

Francisco Tanilson, do Campus Santa Inês, participou de intercâmbio no Instituto Politécnico do Porto (IPP).
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 09/01/2020 14h32
  • última modificação 09/01/2020 14h32

Durante dois meses – setembro a dezembro de 2019, Francisco Tanilson da Silva participou de um intercâmbio de pesquisa científica e aplicada no Instituto Politécnico do Porto (IPP), em Portugal, promovido pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (PRPGI). Ele é acadêmico do 5º período do curso de Bacharelado em Administração do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Santa Inês e desenvolveu o projeto “TheRoute – Geração de Rotas de Turismo e Patrimônio”, orientado pelo professor Aristóteles de Almeida.

Durante o estágio, o estudante integrou o Research Group on Intelligent Engineering and Computing for Advance Innovation and Development – GECAD (Grupo de Investigação em Engenharia e Computação Inteligente para a Inovação e o Desenvolvimento), com mais seis estudantes. O projeto TheRoute visa realizar levantamento e promover rotas já existentes ou criar novas rotas de turismo e patrimônio, dotando-as de valências tecnológicas, tais como programas ou aplicativos para geração de tours e posicionamento automático. Dentro do grupo, o aluno encarregou-se da análise e de desenvolver o modelo de negócio para o aplicativo em estudo.

Quanto a experiência vivenciada, Tanilson relata “foram dois meses de muito aprendizado, experiência e partilha de conhecimentos. São técnicos em informática, cientistas da computação, mestres e doutores que me incentivaram a gostar mais de ser pesquisador. ”

“Este intercâmbio foi uma experiência incrível. Conhecer outra cultura, conviver com alunos de áreas diferentes da minha, compartilhando conhecimento, vivenciando outros modelos de ensino, tudo foi novo, diferente”, destaca Francisco Tanilson. Embora o aplicativo tenha sido desenvolvido em Portugal, a ideia pode ser aplicada em outras realidades, como no município de Santa Inês, no Estado do Maranhão e em outras regiões do Brasil, a fim de fomentar o turismo.

O estudante deseja que outros estudantes possam também passar por essa experiência. “Que meus colegas consigam e tenham a mesma oportunidade. Meu coração sempre será gratidão, fé e esperança de que a educação muda vidas”.

Esta foi a segunda participação do estudante em projetos de pesquisa promovidos pela PRPGI. A primeira foi no Lapassion (Latin America Practices and Soft Skills for an Innovation Oriented Network), que aconteceu no primeiro semestre de 2019 na cidade de São Luís.

 

Depoimento do aluno

“Este ano eu celebrei mais uma grande conquista, e não apenas minha, mas a da minha família e dos meus amigos. Aprendo todos os dias o real significado de amizade, aprendo o que é amor, empatia, compaixão, esperança, e todas as palavras bonitas que estampam os painéis e camisas mundo afora.

Eu dedico minhas conquistas de maneira especial à minha família, que apoia, incentiva e acredita comigo que os sonhos podem tornar-se realidade, inclusive aqueles que ainda não sonhamos, pois, nem nos meus sonhos mais loucos eu pensava em ter tantas oportunidades como esta. À minha família, que me inspira a caminhar sem medo pois, mesmo longe, sempre estarão comigo.

Dedico minhas conquistas aos amigos, aqueles que fazem a amizade transcender o tempo. Dedico essa conquista à minha instituição de ensino, ao Instituto Federal do Maranhão Campus Santa Inês, aos professores, servidores, técnicos, colegas do dia a dia. Sair de uma instituição de nome e pousar em outra de renome (Instituto Superior de Engenharia do Porto – ISEP) é alçar voos e conquistar horizontes. Eu agradeço pelos dois meses de aprendizado e experiência, pois tive a honra e felicidade de trabalhar no ramo da pesquisa com esse timão”.

Fim do conteúdo da página