Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Entrega de certificados encerra curso básico em Libras
Início do conteúdo da página Notícias

Entrega de certificados encerra curso básico em Libras

Entre os meses de agosto e setembro, iniciativa do Campus Santa Inês reuniu professores da rede pública de ensino
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 04/10/2019 11h32
  • última modificação 04/10/2019 11h38

O campus do IFMA em Santa Inês, em parceria com o Centro de Ensino Bandeira Tribuzzi (CAIC), realizou na manhã do dia 26 de setembro (quinta-feira) a cerimônia de encerramento do curso básico em Língua Brasileira de Sinais (Libras), com a entrega de certificados a 24 alunos presentes. Oferecido na modalidade de educação inicial e continuada (FIC), o primeiro módulo de aulas teve como público-alvo professores da rede pública de ensino, e ocorreu entre os meses de agosto e setembro, com duração de 60 horas.

“Ficamos muito felizes em proporcionar para a comunidade de Santa Inês o curso de Libras básico, assim estamos auxiliando na acessibilidade e também quebrando barreiras existentes na comunicação”, considerou Denise Brito Silva, tradutora e intérprete de linguagem de sinais no Campus Santa Inês, e coordenadora do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (NAPNE). Ela ressaltou que o encerramento do curso aconteceu no Dia dos Surdos (26 de setembro), data que constitui um marco na educação inclusiva no Brasil, pois corresponde à criação da primeira escola no Brasil voltada para esse público: atualmente o Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES). Segundo a coordenadora, a escolha da data motivou ainda a reflexão sobre os direitos da pessoa com deficiência e a sua efetiva inclusão na sociedade.

Denise Brito também destacou a satisfação de ver os alunos colocarem em prática os conhecimentos e homenagear o público presente. Como pré-requisito para a finalização do curso, os concludentes divididos em equipes fizeram apresentações de trabalhos em Libras, incluindo-se agradecimentos, música, sinalização do poema “Liberdade” (Carlos Drummond de Andrade), além de monólogo. As apresentações tiveram coordenação da professora e intérprete do curso, Davilene Brito.

Dentre os momentos marcantes, ocorreram homenagens em forma de poemas e música, com a participação de um professor de língua inglesa, que arrancou lágrimas de emoção de sua aluna surda, presente no evento, ao fazer um discurso em Libras. “Com isso, concluímos que o curso superou nossas expectativas e proporcionou à comunidade a possibilidade de conhecer a Libras em seus aspectos linguísticos, a cultura surda, e a legislação que ampara esta comunidade”, observou Denise Brito.

Para Vanessa Fontenele, cursista que trabalha na rede municipal de ensino, o curso foi muito importante, por eliminar barreiras de comunicação, e por criar novas oportunidades pessoais e profissionais. “Trata-se de uma nova língua”, disse ela, ressaltando também o desenvolvimento da carreira, bem como a maior aproximação com a cultura surda, ao conhecer como as pessoas pensam e construir vínculos de amizades. “Foi maravilhoso, muito proveitoso, professoras excelentes que agiram com muito profissionalismo e competência”, avaliou a concludente.

Na cerimônia de certificação, além da coordenadora Denise Brito, participaram da mesa diretiva os professores Anderson Meireles (no exercício da direção-geral do Campus Santa Inês), Francisco Pessoa Junior (diretor de Desenvolvimento Educacional) e Maria da Conceição Silva (representante da direção-geral do CAIC). Em suas falas, os integrantes da mesa enfatizaram a importância da inclusão e da representação de educadores em prol de sua prática na sociedade.

Fim do conteúdo da página