Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IX Sarau Literário “viaja” às décadas de 1960 a 1980
Início do conteúdo da página Notícias

IX Sarau Literário “viaja” às décadas de 1960 a 1980

“Artes e Experiências no período da Ditadura Civil Militar Brasileira: uma viagem nas décadas de 1960 a 1980” foi o tema de mesa redonda. Atividade ocorreu de 19 de junho a 03 de julho.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 08/07/2019 19h11
  • última modificação 09/07/2019 14h48

Entre os dias 19 de junho e 03 de julho, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA Campus Santa Inês realizou o IX Sarau Literário A abertura do evento ocorreu no auditório do campus, com uma mesa-redonda, que fez parte do processo avaliativo do segundo bimestre e contribuiu com o desenvolvimento de habilidades artísticas e culturais na comunidade escolar através de apresentações organizadas pelos alunos dos cursos técnicos, sob a orientação dos professores. O Sarau Literário do ano 2019 IFMA Campus Santa Inês foi montado por uma comissão composta por professores, pedagogas e Assistente Social.

A mesa redonda teve como tema: Artes e Experiências no Período da Ditadura Civil Militar Brasileira: Uma Viagem nas Décadas de 1960 a 1980. Ela foi mediada pela professora Nilvanete Gomes de Lima com participação de debatedores como a professora Dayna Carneiro, que falou da perspectiva sócio histórica, a professora Luana Celina Moraes, que ressaltou a perspectiva dos direitos humanos, a professora Luana Louise Rodrigues, que pontuou a perspectiva política, o professor, militante, coordenador do núcleo da Unegro de Santa Inês, David Filho da Silva Morais, e o escritor e ativista Evilásio Alves de Morais Júnior, que trabalharam a perspectiva artístico cultural. Como convidados, estiveram presentes servidores do campus, corpo docente e técnicos administrativos, escolas municipais e estaduais, bem como os familiares dos alunos.

Também ocorreram apresentações teatrais e musicais realizadas por alunos dos cursos de Edificações 2019 e Logística 2017 do IFMA, na abertura e ao final do evento.

O encerramento ocorreu no dia 3 de julho, proporcionando ao público uma viagem pelas décadas de 60, 70 e 80 por meio da poesia, teatro, dança e música. Os alunos, caracterizados com roupas da época, como saias rodadas, tecidos de bola e listras, faixas na cabeça, calças jeans, suspensórios, vestiram literalmente os personagens da época. Foi montado um espaço para visitação do público, chamado de Casa da Ditadura, com exposição de vídeos, cartazes, imagens de situações que aconteceram na época, nas áreas da economia, cultura, educação, esporte e música.

Para as turmas dos primeiros anos, a tarefa consistiu na elaboração de produções teatrais, visuais, poemas e poesias. A turma de Informática 2019 apresentou performances de alguns alunos representando artistas do período da Ditadura, entre eles Elis Regina, Caetano Veloso, Chico Buarque de Holanda e Ney Matogrosso. A turma Mecânica 2019 e Eletrônica 2019 desenvolveram poemas e poesias, enquanto que as turmas de Logística 2019 e Edificações 2019 trabalharam com performances teatrais.

A turma do PROEJA 2019 apresentou-se num formato de Coral Musical cantado a música, Pra não dizer que não falei das flores, de composição de Geraldo Vandré. Aos terceiros anos, ficou a responsabilidade na criação de composições musicais, tendo como referência, os grandes festivais de música da década de 1970. Duas equipes apresentaram suas produções musicais, sendo elas, Mecânica 17 e Logística 17 B, sendo a última a equipe que mais se destacou junto ao corpo de jurados.

registrado em:
Fim do conteúdo da página