Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus realiza programação do Dia da Mulher
Início do conteúdo da página Notícias

Campus realiza programação do Dia da Mulher

Exposições fotográficas, palestras e atividades culturais marcaram os dias 07 e 08 de março.
  • Assessoria de Comunicação, com informações do campus
  • publicado 12/03/2019 14h23
  • última modificação 12/03/2019 18h56

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Santa Inês realizou várias atividades acadêmicas nos dias 07 e 08 de março em alusão ao Dia Internacional da Mulher. Os alunos das turmas Eletroeletrônica 2018 e Eletromecânica 2018 fizeram uma exposição de fotos sobre o feminicídio. Apesar de leis mais duras, ainda é enorme o número de mulheres que perdem suas vidas em razão desse tipo de violência. Em 2018, foram registrados 4.254 homicídios dolosos de mulheres, uma queda de 6,7% em relação ao ano de 2017 (4558 assassinatos), entretanto esse número ainda é alarmante.

Em outra exposição de fotos, com imagens e biografias de mulheres, os alunos apresentaram mulheres da região do Vale do Pindaré, Maranhão e Brasil que se destacaram nas áreas de política, educação, ativismo, artes cênicas, música, negócios, etc.

As turmas de Edificações 2017 e 2019 retrataram como as mulheres da química e da engenharia superaram preconceitos e os desafios de hoje em áreas antes vistas como masculinas.

A turma de Logística 2017 A apresentou um mural com frases de repúdio e desrespeito às mulheres encontradas em outdoors, caminhões, carros, estabelecimentos comerciais e internet.

A aluna Juliana Protácio dos Santos, do curso de Tecnologia em Construção de Edifícios falou sobre “O meu lugar no mundo”, sua trajetória como discente, mulher, professora e sobre a importância da educação e do intercâmbio para outros países proporcionado pelo IFMA.

Com apoio das coordenações do curso técnico em Administração (professora Angela Mouzinho) e do bacharelado em Administração (professor Claudio Figueredo), as turmas desses cursos participaram das homenagens no turno noturno.  Houve ainda palestras com o depoimento da aluna egressa Eriveth Silva Teixeira, do curso técnico em Cooperativismo, contando sua trajetória depois de ingressar no Instituto Federal. Após o curso no IFMA, Eriveth cursou Pedagogia na Universidade Estadual do Maranhão (Uema), se especializou na área de Orientação Educacional e atualmente trabalha como docente nas IES de graduação e pós-graduação lato sensu. “O caminho para o crescimento profissional e pessoal é a Educação e nunca desistir dos seus sonhos, sempre buscá-los independente da dificuldade que vier a aparecer em sua vida”, destacou a professora.

A professora e psicóloga Simone Maidel ministrou a palestra Mulheres: vencendo desafios e protagonizando a própria história, relatando um pouco sobre os desafios da mulher na sociedade buscando seus direitos e respeito.

A assistente social do campus, Djelma Vasconcelos, falou um pouco sobre a valorização da mulher, mostrando que o caminho é longo, mas recompensador.

Houve ainda a apresentação dos professores Anderson Meireles e Tayane Trajano com música no violão e flauta, e os alunos das turmas Proeja 2017, 2018 e 2019 fizeram várias homenagens com versos, poesias, cânticos em alusão ao Dia Internacional da Mulher.

Para finalizar o evento, foram sorteados alguns brindes para as discentes.  Podemos perceber que ainda falta muito para podermos viver em uma sociedade igualitária, em que a mulher possa ser respeitada e valorizada.

Alunas do Programa Mulheres Mil finalizam disciplina com aulão de zumba

Na tarde do dia 08, em alusão ao Dia Internacional da Mulher e como encerramento da disciplina Saúde da Mulher, ministrada pela professora Juliana Lima, foi realizada um aulão de zumba com as alunas do Programa Mulheres Mil. A aula de zumba foi uma programação especial realizada pela aluna Ana Karinely, e contou com a participação de todas as alunas da turma. “A zumba é modalidade que envolve o corpo, a mente e traz diversão, muitas mulheres buscam certo refugio nas aulas”, comenta Ana Karinely.

 

Saiba mais

Oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, o chamado Dia Internacional da Mulher é comemorado desde o início do século XX. Atualmente, a data é lembrada cada vez mais como um dia para reivindicar igualdade de gênero, salários, combate à violência, racismo e com protestos pelo mundo todo. Um dia para reforçar ainda mais a luta pelo respeito e igualdade às mulheres.

Fim do conteúdo da página