Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Mostra do Festival Guarnicê premia alunos em Santa Inês
Início do conteúdo da página Notícias

Mostra do Festival Guarnicê premia alunos em Santa Inês

A mostra itinerante foi realizada pela primeira vez, como resultado de parceria entre a UFMA  e o IFMA
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 28/09/2018 23h39
  • última modificação 28/09/2018 23h39

O reitor do IFMA anunciou o vídeo vencedor da oficina de Stop Motion, intitulado “As aventuras de Caixote”.

A primeira mostra itinerante do Festival Guarnicê de Cinema no Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Santa Inês terminou na noite desta sexta-feira (28), na presença de uma plateia entusiasmada com a exibição e premiação dos vídeos produzidos na oficina de animação Stop Motion. A programação de encerramento também contou com apresentação musical e a exibição do longa-metragem “Ai que vida”, do diretor maranhense Cícero Filho.

Durante três dias, o evento promoveu a exibição de alguns filmes das últimas edições do festival, além de atividades de capacitação nos três turnos. Entre alunos, servidores e comunidade em geral, cerca de 1.400 pessoas circularam pelo espaço da mostra. Uma das atividades oferecidas foi a oficina de animação stop motion, da qual participaram 120 pessoas.

Na última noite, foram premiados os dois melhores vídeos stop motion segundo o júri técnico, que também concedeu menções honrosas. O primeiro e o segundo lugar ficaram, respectivamente, com “As aventuras de Caixote” e “Cadê tu, flor?”. Os vídeos “Suicídio, ele não” e “Sistema” receberam certificado de menção honrosa.

A mostra itinerante teve como tema “Sua vida merece um novo roteiro”, em alusão ao Setembro Amarelo – mês de prevenção contra o suicídio. Por isso, a Mostra Jovem reuniu filmes selecionados com a temática da valorização da vida. Após as exibições, houve bate papo com as professoras Eva Dayna Carneiro e Simone Maidel. “O objetivo foi verificar o que vem dos alunos e dar acolhimento. Às vezes, eles não têm com quem conversar sobre isso”, explicou Simone Maidel – que dá aulas na área de Psicologia.

Em dois dias de evento, as professoras Eva Carneiro e Simone Maidel conduziram bate-papo sobre o Setembro Amarelo após a Mostra Jovem.

Além da Mostra Jovem, o evento também contou com as mostras Guarnicezinho e Comunidade. A primeira ocorreu no turno da manhã e foi direcionada ao público infantil. Já a segunda ocorreu durante a noite do segundo dia e foi voltada a um público mais adulto.

Solenidade de encerramento

O evento foi realizado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) em parceria com o IFMA. A solenidade de encerramento contou com a presença do reitor do IFMA, professor Roberto Brandão; da diretora do Departamento de Assuntos Culturais da UFMA, Fernanda Pinheiro; do diretor-geral do IFMA Campus Santa Inês, professor Aristóteles Lacerda; e da diretora de Assuntos Estudantis do IFMA, Dayse Araújo.

“É muito importante saber que um projeto dessa magnitude chega também ao Instituto Federal do Maranhão”, comentou o reitor Roberto Brandão. Ele adiantou, ainda, que pretende apresentar ao Colégio de Dirigentes a proposta de ampliar a mostra a outros campi. Já Fernanda Pinheiro reafirmou que levar cultura à comunidade é função social da universidade. “Eu me emocionei com o que vi aqui. Tivemos a presença de escolas da rede pública, da APAE e de projetos sociais que trouxeram crianças e jovens, muitos dos quais nunca tinham ido a uma sala de cinema”, destacou.

Em uma de suas falas, o diretor Aristóteles Lacerda agradeceu ao público que prestigiou o evento e à equipe que o organizou. “É importante sonhar e lutar para que o sonho se realize. O festival de cinema era um sonho de muitas pessoas e por isso chegou a este patamar”, disse Aristóteles Lacerda, diretor do Campus Santa Inês. A diretora de Assuntos Estudantis do IFMA, Dayse Araújo também comemorou a parceria entre instituições. “A UFMA já se tornou nossa parceira, inclusive para o festival de artes que está vindo aí em dezembro”, afirmou.

registrado em:
Fim do conteúdo da página