Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Estudante do IFMA participa de projetos de pesquisa no Canadá
Início do conteúdo da página Notícias

Estudante do IFMA participa de projetos de pesquisa no Canadá

A aluna Maria Rita Jansen concluiu este ano o programa de mobilidade acadêmica para o qual foi contemplada em chamada do Conif e CICan.
  • Jorge Martins
  • publicado 01/02/2018 14h02
  • última modificação 06/02/2018 14h21

Aluna do curso de Tecnologia em Construção de Edifícios do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Santa Inês, Maria Rita Jansen acaba de concluir um intercâmbio de 16 meses no Algonquin College, em Ottawa no Canadá. A estudante foi uma das 20 pessoas selecionadas em chamada pública de um programa de bolsas de estudo promovido pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal (Conif) e pelo Colleges and Institutes Canada (CICan).

Na capital canadense, Maria Rita fez quatro meses de curso de inglês, seguidos de dois semestres do curso de Construction Engineering Technician (Técnico de Engenharia Civil). Ela conta que fez estágio durante todo o verão, fazendo parte de três projetos de pesquisa no Laboratório de Construção e Pesquisa da faculdade. “Agora meus planos são compartilhar os conhecimentos que obtive no intercâmbio e finalizar meu curso de graduação”, revela.

As pesquisas com as quais a estudante colaborou foram o “Green Grass Project”, instalação para um museu canadense utilizando Realidade Virtual e Landscape; o “High Definition 3D Printing of IELC”, que estudava o uso de softwares para impressão 3D; e o “Parametric Prefabrication”, em que desenvolveu protótipos de construções de madeira sustentáveis. “Não acredito que possamos replicar essas pesquisas aqui, já que as práticas construtivas canadenses são bem diferentes das nossas. Mas a experiência foi valiosa e única. Tive experiência com novas tecnologias como impressão 3D, scanner 3D, entre outros”, comenta.

Maria Rita já havia feito intercâmbio no Canadá em 2014, quando viajou por meio do Programa Ciência sem Fronteiras. Foi nesse período que se interessou pela área de materiais de construção sustentáveis. Mais uma vez de volta a Santa Inês, a aluna diz estar motivada a desenvolver as atividades dos últimos dois semestres da graduação. “Na viagem, eu aprendi a amar ainda mais a Construção Civil”, comemora.

registrado em:
Fim do conteúdo da página