Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Estudantes participam da 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Robótica
Início do conteúdo da página Notícias

Estudantes participam da 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Robótica

Provas foram aplicadas no dia 25 de agosto no campus da UFMA em São Luís.
  • Assessoria de Comunicação, com informações do campus
  • publicado 28/08/2017 19h07
  • última modificação 28/08/2017 19h07

Pelo segundo ano consecutivo, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Santa Inês marcou presença na Fase 2 da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). A OBR ocorre anualmente e contempla duas modalidades, teórica e prática, as quais podem ser realizadas de forma independente.

Na modalidade prática, os alunos devem montar robôs que irão cumprir tarefas específicas. Já na teórica, dividida em duas fases, os alunos testam seus conhecimentos na área de robótica. Na Fase 1, as provas são aplicadas nas próprias escolas que optaram por participar. A Fase 2, por sua vez, é realizada em polos específicos de cada estado somente pelos alunos que conseguiram as melhores notas na primeira fase.

Em 2016, o Campus Santa Inês teve sua primeira participação na OBR Teórica, com 8 alunos participando da Fase 1 e, destes, 2 atingindo a nota necessária para a Fase 2, os quais ganharam medalhas de bronze e honra ao mérito a nível nacional.

Este ano, o Campus ampliou sua participação, com 27 participantes na Fase 1, dos quais 6 obtiveram nota suficiente para a Fase 2 e viajaram para São Luís para realizar a prova no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no dia 25 de agosto.

Os alunos foram acompanhados pelo professor Ádamo Oliveira, coordenador dos cursos de Eletroeletrônica e Eletromecânica, e responsável pelas atividades de robótica no Campus.

“É gratificante ver os alunos alcançarem estes resultados, pois conseguimos observar a difusão e popularização da ciência e tecnologia junto aos jovens, estimulando-os às carreiras científico-tecnológicas. Com a participação na OBR é possível identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro, além de estimular o envolvimento com a robótica e a automação, as quais são áreas estratégicas para o país no caminho para o seu desenvolvimento”, afirma o professor.

 

Alunos participantes:

  • Bruno Carvalho da Silva
  • Marcio Leandro Vieira dos Santos
  • Matheus Nunes Chaves
  • Pedro Antonio Lima Lindoso
  • Pedro Felipe Silva Mendes
  • Renan de Andrade Correa
Fim do conteúdo da página