Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Aluno do IFMA é bronze em olimpíada de matemática
Início do conteúdo da página Notícias

Aluno do IFMA é bronze em olimpíada de matemática

A Olimpíada Internacional Canguru de Matemática premia os alunos que atingem pontuações específicas.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 17/05/2017 11h36
  • última modificação 17/05/2017 11h37

O aluno Robson Luan de Sousa, do curso técnico em Eletroeletrônica do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Santa Inês, foi medalhista de bronze na última edição da Olimpíada Internacional Canguru de Matemática. No Brasil, a competição não tem vencedores oficias, mas premia os participantes com medalhas de ouro, prata e bronze de acordo as notas atingidas. Este ano, o estudante do IFMA obteve a pontuação necessária para conquistar a medalha de bronze na categoria correspondente aos 1º e 2º anos do Ensino Médio.

Nesta quarta-feira (17), o estudante recebeu os cumprimentos do reitor do IFMA, professor Roberto Brandão, que está no campus para a 71ª Reunião Ordinária do Colégio de Dirigentes. Robson Luan contou que não esperava ganhar medalha de bronze. “Eu soube que teria uma olimpíada de matemática e me interessei em participar porque sempre gostei da disciplina”, afirmou. Ele revelou ainda que os bons resultados o motivaram a se preparar para outras olimpíadas.

Robson Luan é cumprimentado pelo reitor Roberto Brandão na presença do diretor-geral do campus e do diretor de Desenvolvimento de Ensino.

Robson Luan é cumprimentado pelo reitor Roberto Brandão na presença do diretor-geral do campus, Aristóteles Lacerda (dir.), e do diretor de Desenvolvimento de Ensino, Pessoa Júnior (esq.).

Segundo o diretor de Desenvolvimento de Ensino do Campus Santa Inês, o professor Pessoa Júnior, houve um total de 61 alunos da unidade participando da mesma competição. Pessoa Júnior pontua que o campus vem trabalhando para aumentar a participação dos estudantes em olimpíadas do conhecimento. “Recentemente, participamos também pela primeira vez da XII Olimpíada Brasileira de Biologia e da Olimpíada Internacional Matemática sem Fronteiras. Nessa última, somos medalhistas há dois anos consecutivos e em 2017 esperamos melhorar ainda mais nosso desempenho”, explica. O resultado deverá ser divulgado no mês de junho.

Fim do conteúdo da página